1

2

3

4

5

Voltar

Extensão Universitária

 

Os Bancos Sociais mantêm em suas instalações Extensões Universitárias das Faculdades de Nutrição e Design. Com orientação de profissionais de suas respectivas áreas, os alunos desenvolvem inestimáveis serviços aos Bancos Sociais e à população carente.

EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA CURSO DE NUTRIÇÃO 
 
n/d
A extensão universitária é entendida como “prática acadêmica que interliga a universidade nas suas atividades de ensino e pesquisa com as demandas da maioria da população, possibilita a formação do profissional cidadão e se credencia cada vez mais junto à sociedade como espaço privilegiado de produção de conhecimento significativo para a superação das desigualdades sociais existentes”1. 
 
No Banco de Alimentos, a extensão universitária teve início no ano de 2003 e até o presente momento, 274 acadêmicos dos cursos de nutrição e gastronomia participaram das ações. As atividades ocorrem por meio de quatro projetos - com diferentes enfoques - nas instituições conveniadas ao Banco de Alimentos e no laboratório do Banco de Alimentos. 
 
O projeto Nutrindo o Amanhã já foi desenvolvido em 47 instituições, e têm o objetivo de contribuir para a promoção e a manutenção da saúde de crianças e adolescentes. A equipe de nutrição realiza  acompanhamento semanal, desenvolvendo o planejamento de estratégias de intervenção, avaliação nutricional, avaliação antropométrica, execução de dinâmicas de educação alimentar e educação para a saúde, além de palestras e capacitações. 
 
O incentivo de escolhas alimentares adequadas por meio de oficinas culinárias é realizado através do projeto Oficina do Sabor que já beneficiou 63 instituições desde sua implantação. Os acadêmicos de nutrição e gastronomia têm a oportunidade de interagir elaborando e ministrando oficinas culinárias, realizando a pesquisa e desenvolvimento de novas receitas, cálculo e análise da composição nutricional das receitas utilizadas.
 
O projeto Nutrindo o Amanhã já foi desenvolvido em 47 instituições, e têm o objetivo de contribuir para a promoção e a manutenção da saúde de crianças e adolescentes. A equipe de nutrição realiza  acompanhamento semanal, desenvolvendo o planejamento de estratégias de intervenção, avaliação nutricional, avaliação antropométrica, execução de dinâmicas de educação alimentar e educação para a saúde, além de palestras e capacitações. 
 
O incentivo de escolhas alimentares adequadas por meio de oficinas culinárias é realizado através do projeto Oficina do Sabor que já beneficiou 63 instituições desde sua implantação. Os acadêmicos de nutrição e gastronomia têm a oportunidade de interagir elaborando e ministrando oficinas culinárias, realizando a pesquisa e desenvolvimento de novas receitas, cálculo e análise da composição nutricional das receitas utilizadas.
 
O Cozinha Nota Dez já contemplou 90 instituições promovendo qualidade e segurança alimentar, incentivando a adoção de Boas Práticas na produção de alimentos das instituições, conforme a legislação vigente. Dentre as atividades desenvolvidas neste projeto, podemos citar a laboração de relatórios e materiais educativos, orientações quanto às Boas Práticas e capacitações.
 
O objetivo do projeto Primeiros Passos é promover a saúde de crianças de 0 a 24 meses, onde os acadêmicos desenvolvem avaliação antropométrica, orientações nutricionais, oficinas práticas sobre aleitamento materno e alimentação complementar, além de palestras e capacitações e até o momento já participaram deste projeto 34 instituições.
 
Referências 
1. (BRASIL. Plano Nacional de Extensão Universitária. Fórum de Pró-Reitores deExtensão das Universidades Públicas Brasileira e SESu/ MEC, 2000/2001. 
 
n/d
 
 
 
 
EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DO NÚCLEO DE DESIGN - UNIVERSIDADE UNIRITTER
n/d
Soluções em design social podem oportunizar a populações de mais baixa renda o suprimento de necessidades específicas e diminuir os gastos públicos para a aquisição e distribuição de artefatos em escolas e comunidades carentes. Um projeto de design social, junto a entidades e pessoas carentes da comunidade, oportuniza a consciência de valores humanos e à prática de ações condizentes com uma vida socialmente mais responsável. Representa também uma oportunidade de valorização de processos democráticos no levantamento, na análise e na seleção de soluções. A participação ativa de estudantes da graduação junto a professores do UniRitter e a profissionais técnicos dos Bancos Sociais impactam significativamente na vida acadêmica e na carreira profissional destes estudantes, bem como dos professores. 
 
De agosto a novembro de 2013, o projeto "Design Social Aplicado: UniRitter & FGBS" contou com uma equipe de 4 estudantes bolsistas, 7 estudantes voluntários e em momentos específicos contou com o apoio de outros 32 alunos de disciplinas do curso de Design do UniRitter.
 
Por meio de imersões nos Bancos, foram identificadas demandas para o desenvolvimento de sete projetos, dos quais seis foram desenvolvidos. Quatro projetos seguem em desenvolvimento no ano de 2014 e dois foram concluídos em 2013. 
 
1.Humanização do espaço de visitas na penitenciária de Montenegro
Demanda apresentada por Neli Miotto. Objetivo: Design da sala de espera para os visitantes dos reclusos da Penitenciária modulada estadual Agente Penitenciário Jair Fiorin - Montenegro/RS. Beneficiados: crianças, adolescentes e adultos na espera à visitação de reclusos. Resultados esperados: aconchego, conforto, valorização do ser humano, ampliação da percepção dos visitantes sobre aspectos pedagógicos e culturais. Parceria: Banco de Livros, Susepe, UniRitter.
 
O projeto "Humanização do espaço de visitas na penitenciária de Montenegro" foi inaugurado no dia 22 de outubro de 2013. A equipe se guiou por metodologias específicas para projetos sociais. As imersões consistiram em observação in loco e entrevistas. Foram realizadas pesquisas e análises sobre aspectos dos usuários, análises de similares, geração de alternativas e prototipagem. Com as informações foi definido o potencial de atuação e as condições técnicas para o atendimento das necessidades identificadas. Foi definido o conceito do espaço: aconchego e estimulo da imaginação através do lúdico. À construção foram utilizados materiais da FGBS: tintas, pigmentos, mobiliários, livros. Brinquedos foram obtidos através de doação na ação Laureate Global Day. Foram colocadas cadeiras confortáveis aos adultos e quadros, puffs, brinquedos, livros, mesinhas e cadeiras às crianças. A ação está embasada no artigo 23 da Lei das Execuções Penais (LEP), que trata da promoção no estabelecimento de espaços e amparos dos familiares. Organizada pelas assistentes sociais e psicólogas da PMM, a "iniciativa visa reduzir o impacto de sofrimento a quem entra nas prisões para visitar familiares apenados". Uma assistente social salientou que o ambiente ficou mais agradável também aos servidores, que terão à disposição um local menos estressante para o trabalho. Um apenado relatou que para ele foi uma oportunidade ímpar contribuir na humanização do ambiente: "Pensar que meus filhos poderão brincar aqui me deixa menos ansioso, pois ficou confortável para a criançada". Este projeto foi um piloto e já está sendo reproduzido na penitenciária de Arroio dos Ratos/Guaíba, além de solicitado para quatro outras penitenciárias do Rio Grande do Sul.
 
 
2.Doação interativa à  59º Feira do Livro de Porto Alegre
Demanda apresentada por Neli Miotto. Objetivo: Design à potencialização da campanha de doação de livros Montanha do Saber. Beneficiados: comunidade carente atendida pelas entidades que serão beneficiadas com as doações, Banco de Livros. Resultados esperados: aumento do número de doações de livros na feira, contribuir para o Banco de Livros tornar-se Top of Mind à doação de livros. Parceria: Banco de Livros, Banco de Mobiliários, ONG Parceiros Voluntários, Agência Escala, RBS TV, UniRitter.
 
O projeto "Doação interativa à  59º Feira do Livro de Porto Alegre" aplicou o conceito de Realidade Aumentada, proporcionando ao doador a oportunidade de ser fotografado junto a personagens virtuais criados pelos alunos do projeto. Instantânea e automaticamente a foto era publicada na página do Banco de Livros no Facebook. Com isso, o doador poderia compartilhar a foto em sua timeline divulgando a campanha do Banco de Livros.
 
3.Grife do Banco de Alimentos
Demanda apresentada por Paulo Renê Bernhard. Objetivo: Design de artefatos que fortaleçam a marca Banco de Alimentos.  Beneficiados: FGBS, FIERGS. Resultados esperados: elevar ainda mais o status da marca Banco de Alimentos. Parceria: Banco de Alimentos, Banco de Vestuários, UniRitter.
 
4.Ambiente lúdico de convivência infanto-juvenil em Postos de Saúde de Porto Alegre
Objetivo: Design de espaço de Leitura para os 150 Postos de Saúde de Porto Alegre. Beneficiados: comunidade atendida nos postos de saúde. Resultados esperados: oportunizar um ambiente agradável e estimulante à leitura Parceria: Banco de Livros, Banco de Mobiliários, Prefeitura de Porto Alegre, UniRitter.
 
5.Otimização do Banco de Mobiliários
Demanda apresentada por Fabrício Mentiaca Diehl. Objetivo: Redesign do Workflow do Banco de Mobiliários aplicando conceitos de ergonomia, modularidade e otimização de processos produtivos. Beneficiados: colaboradores do Banco de Mobiliários, comunidade atendida, FIERGS. Resultados esperados: aumento da produtividade; agilidade no atendimento às demandas; melhoria dos serviços. Parceria: Banco de Mobiliários e UniRitter.
 
6.Design para o desenvolvimento de cooperativas sustentáveis a partir de egressos de capacitações da FGBS
Objetivo: Design de produtos a partir de excedentes industriais e desenvolvimento de cooperativas sustentáveis com egressos das capacitações nos Bancos de Vestuários e de Mobiliários. Beneficiados: comunidade, indústrias. Resultados esperados: geração de renda e melhoria da qualidade de vida de egressos, mitigação de impacto ambiental, atendimento a demandas da indústria. Parceria: Banco de Mobiliários, Banco de Vestuários, Egressos de Capacitações dos Bancos, Indústrias, UniRitter.
n/d
 
Compartilhe: Siga-nos no Twitter Acesse nosso Facebook Acesse nosso Orkut Veja nosso canal no YouTube Acompanhe: Siga-nos no Twitter contato@bancossociais.org.br | Telefones: +55 51 3026.8020
+55 51 3026.8021

Visite PluGzOne